ZineArts - O Fórum de todo Artista
Bem vindo ao ZineArts, para ter acesso a todas as sessões do fórum, por favor, registre-se.

[Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Mari-Youko-Sama em Sab Jan 07 2012, 10:38

Breve explicação:

Bem esse texto também esta postado no meu DeviantArt, mas colocarei aqui, é a crônica da minha personagem na mesa de Ragnarok, ela é longa e esta subdivida em vários curtos Capítulos!
Nota¹:

Ragnarok (c) Lee Miung jin, GRAVITY, Level Up Games, todos os direitos Reservados aos seus respectivos donos.
A história aqui contada não tem fins Lucrativos, apenas de fãs para fãs.
Crônica e Personagem de Mariana Petróvana.

Nota²:

Hugginne - Huginn - "pensamento" é um dos corvos que viaja por midgart reunindo informações para Odin.
Uller - "Glória" um dos filhos de Thor com a Deus Sif.
Magni - "Força" um dos filhos de Thor com a Giganta Jarnsaxa.
Lorde - Refere-se a classe Trans de Cavaleiro no Jogo Ragnarok.
Prontera - Capital de Rune Midgart no Jogo Ragnarok.
Peco - Peco Peco - Ave de montaria, com bico colorido, usada por Cavaleiros e Lordes

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------




“Trombetas soam, cantam para os vitoriosos! Aqueles que tão simples e honestos se mantém podem juntar-se ao grande festejo. Sendo eu uma guerreira mesmo que me mostre o que não sou, jamais menti para Ele. Colocar-me-ei frente à mesa farta na companhia de antigos e honrados Combatentes, mesmo que não me agrade à cerveja, o sabor da vitória é suficiente para acalentar minha alma.”




Passado que não se cala...




Creio que qualquer um tem fantasmas do passado que assombram, mas o passado é algo importante, sem o qual não há como construir um caráter digno.

Lembrando aos poucos de minha infância recordo-me de poucas coisas realmente palpáveis, a maioria são apenas odores, sensações, vozes, que aos poucos tomam alguma forma distinta.

Sendo filha caçula, chamo-me por Hugginne Magni II, Filha de Lorde Uller, da Guarda de Prontera, com Seelter minha digníssima mãe, meu irmão chamava-se por Magni Uller II, e era um Cavaleiro da Guarda de Prontera juntamente com meu Pai.

Éramos uma família que vivia muito bem, logo ao primeiro raiar do dia, eu e minha mãe arrumávamos a refeição dos homens da casa, e igualmente cedo, ambos estavam dispostos e bem preparados para seus serviços. Os vi saindo de casa sempre do mesmo jeito, todas as manhãs, que não sei discernir o tempo de cada memória.

Cultuávamos todos os dias nosso patrono, e toda semana me recordo de matarmos um bode em festejo aos assuntos resolvidos na semana, o cheiro da carne e cerveja impregnava o ar, mas naquela época isso não me incomodava.

Curiosamente naqueles tempos, eu era uma pessoa de saúde muito débil, não podendo correr ou me chafurdar na lama como as crianças de minha idade faziam. No entanto, todo o tempo extra em casa, me rendeu um profundo conhecimento do idioma, da história, e dos vastos contos que permeavam nosso patrono. Por horas afinco enquanto minha mãe minuciosamente bordava uma colcha, ela me contava sobre terras distantes, e povos estranhos, cujo qual, naquela época, minha fértil imaginação criava próprias versões, daquilo que me era contado.

Mas... Como nem tudo em nossa curta passagem por essas terras é apenas felicidade, a moeda se vira, e mostra um lado tenebroso...

Aquela manhã era diferente, quando me levantei, todos já estavam acordados e muitas palavras já haviam sido trocadas, Magni meu irmão, não se mostrava feliz, mas ao notar minha presença, abriu um largo sorriso, e passou a mão gentilmente por meus cabelos desarrumados, montando em seu Peco e seguindo, até sumir na neblina matinal. Minha mãe entrava em casa em solavanco, e meu pai olhava para a direção por onde meu irmão seguiu, sem saber se sorria ou se ficava sério.

Se eu soubesse o que estava por vir, teria o abraçado e impedido de seguir naquele dia, mas eu era tão pequena e insignificante, que nem ao menos tomei conhecimento daquelas palavras... E ate hoje, não sei o que realmente foi dito naquele dia.

Meu irmão morreu em uma árdua batalha cumprindo uma missão, que me escapa o motivo agora... Foi o estopim, meu pai começou a não ir trabalhar, e todas as noites chegava com um ar pesado, minha mãe o ignorava, e nada mais do que antes era feito, agora era sequer citado.

Então em outra manhã, novamente ao me levantar, encontrava meus pais em uma mesma situação, onde tudo já havia sido dito, e eu novamente não tinha tomado conhecimento. Minha mãe se aproximou de mim, beijou minha testa, deixou em minhas mãos um antigo rosário e me desejou sorte, e seguiu puxando uma mala... Meu pai apenas passou por mim, sem sequer me olhar e entrou em casa...

Nunca mais vi, ou ouvir falar de minha mãe... E meu pai, passou os dias seguindo de casa à taberna, da taberna a casa. E eu fui me tornando cada vez mais insignificante naquela casa... Sentindo como se não tivesse importância nenhuma, ou pior como se eu sequer existisse naquele local.

Foram dias e noites longas... Perdida em memórias, chorando lágrimas e buscando algo para me apegar... Até que os dias nublados revelaram um pouco de luz do Sol...
avatar
Mari-Youko-Sama
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/01/2012
Idade : 28
Localização : O V O ² (Maceió-AL)

http://amalgaid.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Midori em Sab Jan 07 2012, 14:19

Eu vou leeeer *o*
Depois XD

ZineArts___________________________________________
------ Não use palavrões ou palavras de baixo calão (mesmo que seja elogio). A equipe de moderação agradece XD ------


Visitem meus blogs/dA:

Blog Mid's Tales no blogspot
Blog Leona Hagebak no wordpress
Deviant Art mid-misha
avatar
Midori
Moderador
Moderador

Mensagens : 881
Data de inscrição : 01/01/2012
Idade : 32

http://midtales.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Fabio-先生 em Sab Jan 07 2012, 15:40

Puxa...qro muito ler isto vou ter q me ajustar
para fazer isto com calma e comentar apropriadamente... '-'

ZineArts___________________________________________
Meu trabalho e feito com arte.

Blog: http://comicprofile.blogspot.com/
DA: http://4rtw0rk.deviantart.com/
avatar
Fabio-先生
Moderador
Moderador

Mensagens : 213
Data de inscrição : 01/01/2012

http://comicprofile.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Valk em Dom Jan 08 2012, 17:54

Poxa muito bom mesmo, tem a mesma sensação de quando eu jogava no ragnarok, quando um companheiro vai embora e vc ainda não sabia o porque e so descobre mais tarte(as vezes nem descobre xD) e que os dias ali, ja não são mais como no passado, mas é bom lembrar como foi divertido xD.
Muito bom, continue assim ^^

T+
avatar
Valk
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 18
Data de inscrição : 08/01/2012
Idade : 24
Localização : Dentro de sua mente!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Midori em Dom Jan 08 2012, 18:02

Nossa que lindo Mari!
Gosto muito da formalidade de seu português ^^

ZineArts___________________________________________
------ Não use palavrões ou palavras de baixo calão (mesmo que seja elogio). A equipe de moderação agradece XD ------


Visitem meus blogs/dA:

Blog Mid's Tales no blogspot
Blog Leona Hagebak no wordpress
Deviant Art mid-misha
avatar
Midori
Moderador
Moderador

Mensagens : 881
Data de inscrição : 01/01/2012
Idade : 32

http://midtales.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Pedro La Ruína em Dom Jan 08 2012, 19:08

Seu vocabulário é perfeito e sua narração envolvente. Com certeza é uma autora talentosa com uma base intelectual bem formada. Tanto essa sua fic e seu blog comprovam o que eu digo. Sempre acompanharei seus trabalhos.
avatar
Pedro La Ruína
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 40
Data de inscrição : 06/01/2012
Idade : 24
Localização : Anapolis, GO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Mari-Youko-Sama em Seg Jan 09 2012, 23:48

Fabio-先生 escreveu:Puxa...qro muito ler isto vou ter q me ajustar
para fazer isto com calma e comentar apropriadamente... '-'

Humhum! grata pela atenção aos meus escritos! *-*)~

Valk escreveu:Poxa muito bom mesmo, tem a mesma sensação de quando eu jogava no ragnarok, quando um companheiro vai embora e vc ainda não sabia o porque e so descobre mais tarte(as vezes nem descobre xD) e que os dias ali, ja não são mais como no passado, mas é bom lembrar como foi divertido xD.
Muito bom, continue assim ^^

T+

Realmente, eu tento trazer um pouco da atmosfera do jogo, mas sem deixar as pessoas que não conhecem o jogo no vácuo, fazer essa sutil transição! xD

Ragnarok é um jogo bom, que as atualizações empobrecem, os jogadores vandalizam e a empresa termina de matar! ^^


Midori escreveu:Nossa que lindo Mari!
Gosto muito da formalidade de seu português ^^

Há! eu tento! dependendo muito dos personagens eu tenho que adaptar a forma como apresento!

mas eu devo minhas melhoras no portugues principalmente a 3 amigos: Jana, Bardo e principalmente pra Silvia!

eles ja revisaram muitos textos meus, me explicaram porque das mudanças e etc, discutimos bastante sobre isso ^^


Pedro La Ruína escreveu:Seu vocabulário é perfeito e sua narração envolvente. Com certeza é uma autora talentosa com uma base intelectual bem formada. Tanto essa sua fic e seu blog comprovam o que eu digo. Sempre acompanharei seus trabalhos.

Nossa! fico muito feliz com um elogio assim, principalmente de alguém que escreve tão bem (sinto o ego levemente massageado LOL!)

mas fico feliz que esteja acompanhando! ^^ vou tentar ao máximo não decepcionar! o.ó>
avatar
Mari-Youko-Sama
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/01/2012
Idade : 28
Localização : O V O ² (Maceió-AL)

http://amalgaid.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Mari-Youko-Sama em Ter Jan 10 2012, 01:50

Nota:

Huggen - Huginn - "pensamento" é um dos corvos que viaja por midgart reunindo informações para Odin.
Uller - "Glória" um dos filhos de Thor com a Deus Sif.
Magni - "Força" um dos filhos de Thor com a Giganta Jarnsaxa.
Espadachim - Refere-se a uma das classes primárias do jogo Ragnarok.
Lorde - Refere-se a classe Trans de Cavaleiro no Jogo Ragnarok.
Prontera - Capital de Rune Midgart no Jogo Ragnarok.


--


Andando, parado ninguém deve ficar...



Conforme os dias e noites pareciam novamente à mesma coisa, dias, semanas e meses se passaram. Por muitos dias vi meu pai sair de casa e passar dias fora, e eu sozinha pensando se ele voltaria, mas ele sempre voltava, cambaleando e muito bêbado.

Até que em uma manhã, quando eu levava seu desjejum ele sorriu para mim e disse: " Meu filho! Você voltou!?" A principio não entendi, mas depois notei que meu pai havia se perdido em suas próprias memorias sem conseguir discernir o hoje e o ontem.

Então, para que meu pai, mesmo em sua insanidade pudesse sorrir, eu decidi naquela manhã de final de inverno que precisaria ser o meu irmão.

Passei a me vestir como um garoto, e agir como tal, e com muita dificuldade ingressei na academia de espadachins de Prontera, na época por causa do alto índice de mortes em missões, apenas garotos eram admitidos para os testes.

Eu ia para a academia e treinava por horas afinco, chegando em casa era recebida por meu pai, bêbado mas feliz, fazendo as mesmas perguntas de sempre, mas estava rindo e contente. E mesmo que aqueles sorrisos não fossem diretamente para mim, eles me davam ânimo para prosseguir.

Voltei a seguir os rituais semanais de nosso patrono, sendo que agora com mais afinco e determinação. Sei que ele sabe da verdade, e sabe que faço o que faço não por querer a glória de meu irmão, mas apenas para o bem de esta de meu pai.

Então seguindo as diretrizes do Poderoso Thor, e cumprindo com as Tarefas da Academia de Espadachins de Prontera, me formei com honrarias. Apesar de hoje em dia meu Velho pai não ser mais atuante, ele já fora um dos Guerreiros mais respeitados dentre os Lordes de Prontera, e todo o nosso Clã é conhecido por ter fortes representantes na Guarda de Prontera.

Sendo assim, começou a carreira de Huggen Magni II, irmão caçula de Magni Uller II, filho do Grande Lorde Uller.
avatar
Mari-Youko-Sama
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/01/2012
Idade : 28
Localização : O V O ² (Maceió-AL)

http://amalgaid.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por NekoYo em Qua Jan 11 2012, 04:36

Mari-Youko-Sama escreveu:
Conforme os dias e noites pareciam novamente à mesma coisa, dias, semanas e meses se passaram. Por muitos dias vi meu pai sair de casa e passar dias fora, e eu sozinha pensando se ele voltaria, mas ele sempre voltava, cambaleando e muito bêbado.

Nossa, isso me lembrou parte da minha infância ¬¬"

ZineArts___________________________________________
avatar
NekoYo
Admin
Admin

Mensagens : 388
Data de inscrição : 30/12/2011
Idade : 44
Localização : Caxias do Sul - RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Midori em Qua Jan 11 2012, 06:08

Nossa como vocês escrevem rápido o_o!

Muito legal Mari ^^!!!

Poxa que triste isso Yo ._.''

ZineArts___________________________________________
------ Não use palavrões ou palavras de baixo calão (mesmo que seja elogio). A equipe de moderação agradece XD ------


Visitem meus blogs/dA:

Blog Mid's Tales no blogspot
Blog Leona Hagebak no wordpress
Deviant Art mid-misha
avatar
Midori
Moderador
Moderador

Mensagens : 881
Data de inscrição : 01/01/2012
Idade : 32

http://midtales.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Mari-Youko-Sama em Qua Jan 11 2012, 09:51

NekoYo escreveu:
Mari-Youko-Sama escreveu:
Conforme os dias e noites pareciam novamente à mesma coisa, dias, semanas e meses se passaram. Por muitos dias vi meu pai sair de casa e passar dias fora, e eu sozinha pensando se ele voltaria, mas ele sempre voltava, cambaleando e muito bêbado.

Nossa, isso me lembrou parte da minha infância ¬¬"

A arte imita a vida, acho que todo mundo ja teve problemas com pessoas que bebem de mais, seja diretamente (em casa) ou com outros familiares e amigos! u_u

Força ai Neko! õ/


Midori escreveu:Nossa como vocês escrevem rápido o_o!

Muito legal Mari ^^!!!

Poxa que triste isso Yo ._.''


Na verdade eu tenho muita coisa escrita, mas estou mostrando em partes para não assutar ninguem! xD
avatar
Mari-Youko-Sama
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/01/2012
Idade : 28
Localização : O V O ² (Maceió-AL)

http://amalgaid.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Mari-Youko-Sama em Qui Fev 02 2012, 12:22

Nota:

Huggen - Huginn - "pensamento" é um dos corvos que viaja por midgart reunindo informações para Odin.
Prontera - Capital de Rune Midgart no Jogo Ragnarok.
Payon - Cidade no interior de rune midgart, onde se formam os Arqueiros no Jogo Ragnarok.
Morroc - Cidade que fica no deserto, onde se formam thief, assassins e rougues no jogo Ragnarok.
Eddas - Nome dos primeiros textos que narram os contos da mitologia nordica.
Kvars - Kvarsin - Divindade proveniente da união da saliva de vários deuses, em sinal de paz, criando assim um Vanir de grande sabedoria.
Spore - Criatura em forma de cogumelo encontrada em abundância em Payon.


--

Payon, e a primeira Party


Bem, assim como a maioria dos formandos na academia de espadachins somos liberados dos arredores de Prontera e Izlude, e temos permissão para viajar mais distante. Como tinha receio de deixar meu pai sozinho por muito tempo, fiz como a maioria de nos faz, viaja para uma cidade no interior de Rune Midgart chamada Payon.

Cidade que mesmo no interior e rodeada de uma grande floresta mista de árvores e bambus, é muito grande e populosa, com o palácio de Payon como destaque na paisagem com seus telhados pontiagudos de cor azul. A feira de Payon é bastante movimentada, muitas crianças e muitos comerciantes a procura das iguarias da região, Velhos contando histórias de fantasmas da velha cidade, pessoas cozinhando na rua não asfaltada.

Mesmo acostumada a Capital, admito que fiquei surpresa pelo movimento de pessoas e mercadorias que Payon tem e mais surpresa ainda com o lucrativo comercio de morangos.

Então enquanto vagueava em pensamentos e observando o local sou puxada pelo braço, me virando em surpresa, e encarando uma menina de cabelos longos e bem penteados em tom verde bem escuro, ela puxava um carrinho consigo e gritou: "Achei um Espadachim! Podemos partir agora!".

Quando em pouco tempo se aproximam mais 4 crianças mais ou menos da mesma idade aparente que eu [10 anos], um Mago de cabelos e vestes verde, se aproxima mais e fala: "Sou Eddas, e esta é minha irmã Mistina, estamos formando uma Party, e precisamos de um Espadachim, você já esta participando de alguma outra Party!?"

Olhando o grupo, observo mais um jovem bronzeado provavelmente vindo de Morroc, um pequeno Arqueiro loiro olhando um mapa, e por fim outra menina ruiva de braços cruzados, usando roupa do Clericato. Eu nem imaginava que não era uma "Menina Ruiva".


"Menina ruiva é!? Eu nem tinha o cabelo comprido naquela época! Como você pode me confundir com uma menina!? Eu não acredito numa coisa dessas! Você era meio tapada quando mais nova! Mas eu não imaginava que tanto assim! Ninguém merece ¬¬"

"Posso continuar agora!? u_u?"

" ... ¬¬!"


Então mesmo um pouco indecisa com a situação eu aceito o convite para a Party, passamos a ser chamados de "jovens destemidos em Payon"... Admito que o nome fosse inapropriado mas...


"O nome era ridículo! Não acredito como participei de um grupo com um nome desses! Eita mago energúmeno! ¬¬".

"Ins! Você me interrompeu novamente..."

"Tudo bem a aposta de ouvir sem reclamar, eu sei! Mas eu não consigo!! ¬¬ vou tentar me controlar!"

"Obrigado!"

"...¬¬"



Então começamos nossa empreitada com Cogumelos que chegavam à nossa cintura de tão grandes, e eles pulavam e pareciam simpáticos até ser provocado, o Arqueiro Kvars os chamou de "Spores". Nós os matamos durante alguns dias, mas o rapaz bronzeado Rimer disse: "Morangos e esporos não nos sustentarão, somos um grupo grande!".

Então Eddas o Mago disse que deveríamos seguir mais para dentro da floresta, Kvars o alertou que lá existem um grande número de lobos e que teríamos muito trabalho, recordo-me de dizer o seguinte: "Não á o que temer, eles são muitos, mas nós também somos!". Recordo-me de todos me olharem com estranheza. Bem, e nos fomos!
avatar
Mari-Youko-Sama
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/01/2012
Idade : 28
Localização : O V O ² (Maceió-AL)

http://amalgaid.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Midori em Qui Fev 02 2012, 13:16

Muito bom Mari xD!
Essa parte quem vai entender melhor é quem joga rag xDDDD~
*Ri litros com o lucrativo comercio de morangos*

ZineArts___________________________________________
------ Não use palavrões ou palavras de baixo calão (mesmo que seja elogio). A equipe de moderação agradece XD ------


Visitem meus blogs/dA:

Blog Mid's Tales no blogspot
Blog Leona Hagebak no wordpress
Deviant Art mid-misha
avatar
Midori
Moderador
Moderador

Mensagens : 881
Data de inscrição : 01/01/2012
Idade : 32

http://midtales.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Mari-Youko-Sama em Qui Fev 02 2012, 13:25

Midori escreveu:Muito bom Mari xD!
Essa parte quem vai entender melhor é quem joga rag xDDDD~
*Ri litros com o lucrativo comercio de morangos*

Ah! mas eu tentei ao máximo deixar um clima fácil de entender, acredito que quem não jogue consiga assimilar as cenas, mas quem joga ou jogou, vai ter crises de nostalgia! xD'

comercio de morangos é super lucrativo, principalmente para iniciantes completamente lisos e pobres! xD'
avatar
Mari-Youko-Sama
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/01/2012
Idade : 28
Localização : O V O ² (Maceió-AL)

http://amalgaid.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Mari-Youko-Sama em Sab Fev 25 2012, 09:13

Huggen - Huginn - "pensamento" é um dos corvos que viaja por midgart reunindo informações para Odin.
Eddas - Nome dos primeiros textos que narram os contos da mitologia nórdica.
Mjolnir - Martelo do Deus Thor, que rege tempestades e relâmpagos. No jogo Ragnarok on-line, região montanhosa de plantas e insetos gigantes.

--

O Clérigo e a Espadachim...



Mesmo depois dos dias de caçadas de Cogumelos e de todas as suas indiretas as ações de Rimer, eu ainda não havia percebido que "a clériga" era um clérigo!


"humhum! ¬¬"


No entanto, sua posição dentro do grupo ficou bem clara, após alguns erros do Mago Eddas...


"Hum!? ¬¬"


Após muitos erros do Mago Eddas. Depois de muitos e muitos comentários difíceis de engolir, falta de suporte, o clérigo foi apelidado "carinhosamente" de Insuportável, e foi retirado da Party. Depois sem suporte as coisas que já não estavam boas ficaram piores, e como se não bastasse o mesmo clérigo "banido" sempre aparecia quando estávamos muito machucados, para se aproveitar e terminar de derrubar os lobos já feridos, levando o que eles deixavam de valor.

Todos reclamavam da atitude do clérigo, dizendo todo tipo de coisa, até jurado de morte ele foi.


"pif! ¬¬"


Então, sabendo que apesar do que o clérigo havia feito conosco era errado, o que foi feito com ele também era errado. Abandonar alguém que não é dessa região e nem tem poder físico pra se defender, totalmente sozinho, foi cruel. E quando exteriorizei este pensamento, fui igualmente descartada do grupo.

E perdida, sem suporte e já machucada, rezei, por mim e para que os tolos não morressem por suas próprias ignorâncias. Lutei sozinha por um dia inteiro, com dificuldades de achar comida, e de conseguir emboscar um lobo sozinho, foram momentos difíceis, afora o fato de ter sempre algum arqueiro aproveitador em cima de uma árvore disposto a roubar minhas caças.

Então quando já doente e com os ferimentos infeccionando, o Clérigo banido, o Insuportável aparece. Depois de uma curta conversa se recorda!? Onde me chamou de tola, e que estava merecendo passar por aquilo, você me jogou um pouco de comida. Lembro-me de por impulso lhe chamar para fazer uma party comigo.

E o mais cômico foi o rapaz franzido aceitar, então após cuidar de meus ferimentos, eu lhe sugerir irmos para outro local, onde não houvesse tantos grupos de caça dispostos a roubar nossos espólios. E assim rumamos para as montanhas de Mjolnir. Começando a Jornada mais longa de nossas vidas, que ainda não acabou não é!?


"Primeiro pede pra ficar calado! Depois fica fazendo perguntas! Decida-se, por favor, Hugginne ¬¬"

*Risos!*

"...¬¬!"


Como estávamos com pouco dinheiro, viajamos de pé, nem me lembro de quantos dias foram de caminhada, mas me recordo das dores nos pés. Quase morri envenenada por um escorpião, desidratação, fome, cansaço... Mas nada que realmente me derrubasse.

E eu sabia que você estava vivo também, porque mesmo debaixo de sol forte, e com todas as dificuldades você não parava de falar, ou melhor, de reclamar. Então depois de mais de 1 semana de viajem avistamos as grandes montanhas que compõem Mjolnir.

A sua reação as plantas gigantes foi hilário: "Huggen! Estamos encolhendo!! O que raios tem de errado com essa montanha estupida!!".


" Há, há, há... Muito engraçado! ¬¬"


Assim como o Poderoso Thor, as montanhas que compõem a cordilheira de Mjolnir são gigantescas e suas plantas e criaturas são igualmente grandes. Pra nossa sorte só exploramos o sopé da montanha.
avatar
Mari-Youko-Sama
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/01/2012
Idade : 28
Localização : O V O ² (Maceió-AL)

http://amalgaid.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por vagnerlima em Sab Fev 25 2012, 14:18

XD gostei muito da fanfic ^^ (apesar de já der lido XP) até hoje espero os outros capítulos Ò.Ó
avatar
vagnerlima
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 22
Localização : Maceió - Al

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Midori em Sab Fev 25 2012, 17:02

Ri muito desse último xD!

Muito bom Mari xD!
*Vicio* Vontade de jogar rag XDDDDD~

ZineArts___________________________________________
------ Não use palavrões ou palavras de baixo calão (mesmo que seja elogio). A equipe de moderação agradece XD ------


Visitem meus blogs/dA:

Blog Mid's Tales no blogspot
Blog Leona Hagebak no wordpress
Deviant Art mid-misha
avatar
Midori
Moderador
Moderador

Mensagens : 881
Data de inscrição : 01/01/2012
Idade : 32

http://midtales.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Mari-Youko-Sama em Sab Fev 25 2012, 18:22

vagnerlima escreveu:XD gostei muito da fanfic ^^ (apesar de já der lido XP) até hoje espero os outros capítulos Ò.Ó

Calma meu caro aprendiz! eu estou postando aqui as coisas aos poucos, mas recentemente eu escrevi um capitulo e em breve devo esta postando no DA xD

Midori escreveu:Ri muito desse último xD!

Muito bom Mari xD!
*Vicio* Vontade de jogar rag XDDDDD~

Diga se a parte dos arqueiros aproveitadores num é TOP TRUE! malditos KS's ~3~)/

Mas no geral o Ins tanto serve como "abusado mor" como "alívio cômico!" xD adogo~

avatar
Mari-Youko-Sama
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 182
Data de inscrição : 03/01/2012
Idade : 28
Localização : O V O ² (Maceió-AL)

http://amalgaid.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fanfic - Ragnarok] Hugginne Crônica

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum